Notícias » Astronomia

Asteroide passa a menos de 3 mil quilômetros da Terra e cria novo recorde

De acordo com os especialistas, o objeto cósmico tinha o tamanho de um carro SUV

Penélope Coelho Publicado em 21/08/2020, às 15h20

Asteroide 2020 QG em sua passagem próxima da Terra
Asteroide 2020 QG em sua passagem próxima da Terra - Divulgação/ZTF/Caltech Optical Observatories

No último domingo, 16, um asteroide não impactante quebrou um recorde quando realizou a passagem mais próxima da Terra já feita por um objeto cósmico desse tipo. De acordo com o portal de notícias Galileu, o asteroide passou a 2.950 quilômetros sobre o sul do Oceano índico.

Os especialistas indicam que o fenômeno de asteroides não impactantes são comuns, porém, não com essa proximidade. Chamado de 2020 QG, o fenômeno tem um tamanho semelhante ao de um carro do modelo SUV. Contudo, os pesquisadores afirmam que ele é considerado pequeno e se tivesse entrado em contato com a atmosfera teria se tornado uma bola de fogo.

Na ocasião, o objeto foi registrado pelas lentes do projeto de observação astronômica, Zwicky Transient Facility, realizado em parceria com a Fundação Nacional da Ciência, dos Estados Unidos, e a Nasa.

"É uma grande conquista encontrar esses asteroides minúsculos próximos; em primeiro lugar, porque eles passam muito rápido [...] Normalmente, há apenas uma pequena janela de alguns dias [...] quando este pequeno asteroide está perto o suficiente da Terra para brilhar o bastante, mas não tão perto a ponto de se mover muito rápido no céu para ser detectado por um telescópio”, afirmou Paul Chodas, diretor do Centro de Estudos de Objetos Próximos da Terra, do Jet Propulsion Laboratory da Nasa.