Notícias » Espaço

Astronauta americano voltará para Terra em nave russa

Mark Vande Hei está há quase um ano no espaço, mas havia receio de que ele não pudesse retornar por conta das recentes tensões entre os países

Redação Publicado em 16/03/2022, às 11h51

Estação Espacial Internacional (ISS)
Estação Espacial Internacional (ISS) - Divulgação/NASA

Um astronauta americano que está há 355 dias no espaço deverá retornar para a Terra a bordo de uma cápsula russa que aterrissará no Cazaquistão, confirmou a Nasa em meio a controvérsias sobre o futuro de Mark Vande Hei.

"Posso dizer com certeza que Mark está voltando para casa. Estamos em comunicação com nossos colegas russos. Não há dúvidas sobre isso", afirmou Joel Montalbano, gerente do programa da Estação Espacial Internacional da Nasa.

A situação ficou delicada em decorrência das tensões entre Estados Unidos e Rússia no atual contexto mundial após a invasão da Ucrânia. Segundo Montalbano, os astronautas estão “conscientes do que está acontecendo" no mundo, mas seguem trabalhando juntos.

Havia receio de que Vande Hei poderia não retornar para casa e ser deixado na Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês). Nesse meio tempo, ele acabou batendo o recorde de americano com mais tempo de permanência no espaço.

A agência espacial americana informou que a volta deverá ocorrer com dois astronautas russos. De acordo com a lei espacial internacional, nações devem "fornecer toda a ajuda possível" a outros astronautas, "incluindo pouso de emergência em um país estrangeiro ou no mar".

Como reportou a BBC News, Montalbano também acrescentou que a ISS continua funcionando mesmo com as sanções impostas à Rússia. "Todas essas atividades continuaram por 20 anos e nada mudou nas últimas três semanas. Nossos centros de controle operam com sucesso, sem falhas, perfeitamente", completou.