Notícias » Espaço

Astronautas usarão capacete especial que analisa o funcionamento do cérebro no espaço

O item deve ser utilizado durante uma expedição da SpaceX a Estação Espacial Internacional na próxima semana

Wallacy Ferrari Publicado em 30/03/2022, às 15h02

Frame de vídeo que demonstra utilização do capacete
Frame de vídeo que demonstra utilização do capacete - Divulgação / Brain.Space

Uma nova iniciativa pretende estudar, com o auxílio de um equipamento de última geração, como se comporta a atividade cerebral ao ser exposta em um ambiente fora da terra. A startup Brain.Space conseguiu criar um capacete capaz de realizar eletroencefalogramas, inclusive em ambientes de gravidade zero.

O primeiro teste físico do acessório acontece na próxima semana, durante um voo da SpaceX até a Estação Espacial Internacional. A medida deve suprir uma das últimas dúvidas sobre dados metabólicos coletados no espaço, visto que já há pesquisas sobre mudanças na frequência cardíaca, resistência da pele, massa muscular e outros fatores.

Na verdade, sabemos que o ambiente de microgravidade afeta os indicadores fisiológicos do corpo. Então, provavelmente afetará o cérebro e gostaríamos de monitorar isso", disse o executivo-chefe da Brain.Space, Yair Levy, à agência Reuters.

Três dos quatro astronautas enviados na operação usarão o item, que possui 460 conectores responsáveis por diagnosticar movimentações e outros sinais cerebrais. Além disso, os membros da viagem realizarão atividades especiais durante 20 minutos por dia para auxiliarem na calibragem do aparelho e obterem resultados mais certeiros.