Notícias » Oriente Médio

Ataque palestino ao túmulo de José intensifica conflito

O local considerado sagrado por judeus está localizado em área controlada por palestinos

Penélope Coelho Publicado em 11/04/2022, às 14h13

Ataque ao túmulo de José, em Nablus, na Cisjordânia
Ataque ao túmulo de José, em Nablus, na Cisjordânia - Divulgação/Ministério das Relações Exteriores de Israel

Nesta segunda-feira, 11, foi divulgada a informação de que o local onde os judeus acreditam que José — importante figura bíblica — esteja enterrado foi alvo de vandalismo. O local judaico sagrado fica na cidade de Nablus, na Cisjordânia, área controlada por palestinos.

De acordo com a mídia internacional, os atos de vandalismo foram efetuados pelos próprios palestinos, em meio às crescentes tensões com Israel. As informações são da BBC internacional.

Em nota, Israel afirmou que irá responder fortemente ao ataque:

“Não aceitaremos esse tipo de ataque a um lugar que é sagrado para nós, principalmente na véspera da Páscoa [...] Vamos alcançar os desordeiros. Claro, vamos nos certificar de reconstruir o que eles destruíram, como sempre fazemos”, disse o primeiro-ministro israelense, Naftali Bennett.

Há muitos anos o túmulo de José é alvo de conflitos, sendo incendiado duas vezes. O maior embate acontece porque os judeus acreditam que o personagem bíblico está enterrado no local, enquanto os mulçumanos afirmam que se trata da tumba de um xeque, ou seja, um chefe muçulmano.