Notícias » Pandemia

Atleta que não queria se vacinar morre de Covid-19 na Inglaterra

John Eyers acreditava que sua saúde seguraria o vírus no caso de uma infecção, porém infelizmente subestimou a doença

Ingredi Brunato, sob supervisão de Pamela Malva Publicado em 05/08/2021, às 18h00

Fotografia do atleta
Fotografia do atleta - Divulgação / Facebook/ Arquivo Pessoal

Na Inglaterra, um atleta amador que escolheu não se vacinar faleceu de covid-19 na semana passada, chocando amigos e familiares. John Eyers, de 42 anos, veio a óbito quatro semanas depois de ser testado como positivo para o vírus, segundo o UOL. 

A irmã gêmea do esportista britânico, chamada Jenny McCann, deixou uma mensagem emocionada em seu Twitter, falando sobre sua perda inesperada: 

Ele era a pessoa mais atlética e saudável que eu conhecia. Estava escalando montanhas e acampando um mês antes de sua morte (...). Ele pensou que se contraísse covid-19, ficaria bem. Pensou que teria uma doença leve. Ele não queria tomar a vacina”, escreveu. 

Infelizmente, depois de diagnosticado com a doença, o estado de saúde do esportista se deteriorou rapidamente, apesar de ele não ter nenhuma condição pré-existente. John Eyers deixou para trás os pais, a irmã e uma filha de 19 anos. 

Isso não devia ter acontecido. Minha mãe quer que as pessoas saibam sobre John. Ela quer que a história dele salve a vida de outra pessoa. Que a nossa dor e perda motivem as pessoas a se vacinarem”, concluiu Jenny, ainda em sua publicação.