Notícias » Estados Unidos

Ator de Esqueceram de Mim quer tirar Donald Trump do filme, quase 30 anos depois

Macaulay Culkin apoiou a campanha feita por fãs para ‘apagar’ o presidente dos EUA de Esqueceram de Mim 2: Perdido em Nova York

Isabela Barreiros, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 14/01/2021, às 13h31

Cena do filme Esqueceram de Mim: Perdido em Nova York (1992)
Cena do filme Esqueceram de Mim: Perdido em Nova York (1992) - Divulgação

Fãs da série de filmes Esqueceram de Mim iniciaram uma campanha nas redes sociais que tem como objetivo ‘tirar’ Donald Trump, presidente em cargo nos EUA, do segundo filme da sequência. A ‘petição’ foi apoiada até mesmo por Macaulay Culkin, protagonista do longa que tem agora 40 anos.

No Twitter, uma pessoa escreveu: "Petição para substituir digitalmente o Trump de Esqueceram de Mim 2 por Macaulay Culkin de 40 anos." E o ator respondeu, dizendo: “Aprovado”. 

Essa não foi a única reação de Culkinà sugestão das redes sociais. Outro tweet anexava um vídeo sem Trump, afirmando: "Atendendo pedidos populares, eu removi Trump de Esqueceram de Mim". Novamente, uma resposta do protagonista, que disse: “Bravo”.

A participação de Trump aconteceu devido a uma condição proposta pelo futuro presidente ao diretor do filme, Chris Columbus. Ele era um dos empresários mais importantes de Nova York, e dono do Plaza Hotel. Conforme divulgado pelo Uol, Columbus contou detalhes sobre essa cena no ano passado.

"Ele disse: 'Vocês só podem usar o Plaza se eu estiver no filme'. Em exibições teste, as pessoas aplaudiram quando ele apareceu na tela, [...] mas foi uma espécie de chantagem", disse.