Notícias » Entretenimento

Ator de ‘Família Soprano’ recebeu R$15 milhões para não participar de The Office, dizem colegas

Revelação foi feita durante entrevista ao podcast Talking Sopranos. Entenda o motivo!

Fabio Previdelli Publicado em 17/07/2021, às 11h32

James Gandolfini quase substituiu Steve Carell em The Office
James Gandolfini quase substituiu Steve Carell em The Office - Divulgação/HBO e NBC

Conhecida por seu humor ímpar e um tanto quanto peculiar, The Office se tornou uma das maiores sitcoms da história, atraindo um enorme número de fãs ainda hoje, depois de 8 anos de seu fim. Porém, a série poderia ter tido outro rumo se não fosse uma proposta de 15 milhões de reais. 

No final da sétima temporada, o comediante Steve Carell, o eterno Michael Scott, informou aos produtores da HBO que deixaria a produção. Dessa maneira, iniciou-se uma busca por um substituto à altura. É aí que entra James Gandolfini

Quem revelou essa história foram os atores Michael Imperioli Steve Schirripa — que atuaram com Gandolfini em Família Soprano — durante entrevista ao podcast Talking Sopranos. Segundo dizem, o ator, que faleceu em 2013, recebeu a milionária quantia para não participar da série

"Eles [os produtores de ‘The Office’] conversaram sobre ter o Gandolfini para substituí-lo [Steve Carell], você sabia disso?”, disseram os atores. “Acho que antes da chegada do James Spader e depois da saída de Carrell, eles ofereceram ao Jim US$ 4 milhões por uma temporada, aí a HBO pagou US$ 3 milhões para ele não fazer. Isso é um fato”. 

Imperioli e Schirripa ainda dizem que, por um momento, James chegou a considerar aceitar o papel na sitcom, já que Sopranos já havia sido concluída a um tempo. Porém, depois, ele acabou aceitando o acordo proposto pela HBO para “preservar puro o legado de Sopranos”. 

No final das contas, o ator James Spader acabou ocupando a vaga de Carell, dando vida ao excêntrico Robert Califórnia.