Notícias » Entretenimento

Ator que interpretou Superman diz bissexualidade do herói em HQ segue 'onda'

Dean Cain expressou sua visão sobre a orientação sexual do herói nos quadrinhos da nova geração

Ingredi Brunato, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 13/10/2021, às 19h52

Joe beija Jay em ilustração de Superman: Son of Kal-El
Joe beija Jay em ilustração de Superman: Son of Kal-El - Divulgação / DC Comics

O ator norte-americano Dean Cain, que interpretou Super Man na série "Lois & Clark: As Novas Aventuras de Superman", uma produção dos anos 90, expressou desaprovação em relação à novidade de que a nova geração do herói da DC será bissexual e terá um namoro com outro homem. 

Conforme o artista de 55 anos, a decisão teria simplesmente "seguido o fluxo" de movimentos sociais que estão em pauta atualmente. Ele expressou sua opinião em uma entrevista com a Fox & Friends que foi repercutida pela revista Rolling Stone Brasil. 

"Eles dizem que é uma nova e ousada direção. Eu digo que é ir com a onda. Não acho que é ousado, corajoso ou uma nova e louca direção. Se eles tivessem feito isso há 20 anos, talvez isso fosse ousado ou corajoso”, argumentou Dean.

O intérprete opinou que já havia personagens que englobam à comunidade LGBTQ+ no universo da DC, como o Robin, e o novo Capitão América. 

Robin, de 'Batman e Robin', acabou de se assumir como bi ou gay recentemente e, honestamente, quem está realmente chocado com isso? O novo Capitão América é gay, minha filha na [série] ‘Supergirl’ era gay”, disse ele. 

Durante a mesma conversa, o ator ainda manifestou insatisfação com as batalhas em que o super-herói estará envolvido na nova coleção.

Elas tocarão em problemas como crise climática, tiroteios em escolas e  deportação de refugiados. Para o estadunidense, contudo, esses temas deveriam ser trocados por outros que constituíssem o "verdadeiro mal do mundo", como corrupção, tráfico de pessoas e os problemas enfrentados pela população do Afeganistão