Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Personagem

Ator que matou a mãe pede desculpas em tribunal: 'Era uma pessoa carinhosa'

Ryan Grantham, mais conhecido por seu papel em Riverdale, ainda pretendia assassinar primeiro-ministro do Canadá

Ingredi Brunato, sob supervisão de Fabio Previdelli Publicado em 18/06/2022, às 07h03

Ryan Grantham em "Riverdale" - Divulgação/Netflix
Ryan Grantham em "Riverdale" - Divulgação/Netflix

Em 2020, Ryan Grantham, um jovem ator canadense, se entregou em uma delegacia de Vancouver, confessando ter tirado a vida de sua própria mãe algumas horas antes. Já na última quarta-feira, 15, o rapaz, hoje aos 24 anos de idade, foi ouvido pelo tribunal, ao que se mostrou arrependido pelo seu crime: 

Minha mãe era uma pessoa carinhosa, compreensiva e amorosa. Ela não fez nada para merecer o que eu fiz com ela. Diante de algo tão horrível, pedir desculpas quase parece inútil. Mas com todas as fibras do meu ser, eu sinto muito", afirmou ele, segundo repercutido pela rede CTV News. 

"A única maneira de justificar continuar é se eu viver o resto da minha vida de uma maneira da qual ela se orgulharia, para ser uma pessoa melhor, honesta e boa", completou Ryan ainda. 

O caso 

O canadense teria baleado sua figura materna na nuca enquanto ela tocava piano. Mais tarde, teria coberto o cadáver com um lençol, o cercado de velas e rezado várias ave marias. 

De forma peculiar, o motivo por trás do assassinato era que Grantham não queria que sua mãe ficasse sabendo sobre o outro crime que pretendia cometer, em que planejava matar o primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau

Felizmente, o rapaz mudou de ideia no meio do caminho, que foi quando se entregou às autoridades. No veículo que dirigia, foram encontrados diversos coquetéis motolov, além de armas, munição e utensílios para acampamento.