Notícias » Austrália

Australiano encontra meteorito, acreditando que se tratava de ouro

A descoberta se deu na região de Goldfields

Redação Publicado em 23/11/2021, às 13h20

Meteorito encontrado na Austrália
Meteorito encontrado na Austrália - Divulgação / Museums Victoria

David Hole caminhava pela região de Goldfields, na Austrália, utilizando seu detector de metal, quando se deparou com uma rocha que julgou conter ouro em seu interior, no ano de 2015. No entanto, com o passar do tempo, Hole percebeu que não seria capaz de abri-la com as próprias ferramentas e decidiu levá-la ao museu de Melbourne.

Foi somente após entrar em contato com a instituição que ele descobriu o equívoco que cometera. Conforme informou-lhe o geólogo Dermot Henry, o achado se tratava, na verdade, de um meteorito. O profissional, então, iniciou uma série de estudos sobre a rocha junto ao também geólogo Bill Birch.

Segundo informações do Olhar Digital, publicadas na última segunda-feira, 22, a dupla concluiu que a rocha tem aproximadamente 4,6 bilhões de anos e possui 17 quilogramas. Ela é composta por uma grande quantidade de ferro, o que a torna, segundo os especialistas, um meteorito relativamente comum.

Além disso, apesar de não ser possível afirmar com toda certeza, Henry acredita que o material encontrado por Hole pode ter vindo do cinturão de asteroides localizado entre Marte e Júpiter

“[As rochas no cinturão] são sempre deslocadas quando se chocam entre si – essa provavelmente acabou sendo arremessada contra a Terra”, declarou Henry à TV local.

Ele ainda estimou que a queda do meteorito deve ter acontecido entre 100 e 1.000 anos atrás, período no qual inúmeros “avistamentos de objetos” foram registrados no país.