Notícias » Covid-19

Áustria vai confinar pessoas que não tomarem vacina contra a covid-19

A informação foi confirmada neste domingo, 14

Redação Publicado em 14/11/2021, às 12h01

Imagem meramente ilustrativa
Imagem meramente ilustrativa - WiR_Pixs, via Pixabay

Alexander Schallenberg, chanceler da Áustria conseguiu uma confirmação que muda a maneira como o país conduz a pandemia de covid-19. 

Na última sexta-feira, 12, Alexander anunciou que esperava conseguir autorização para confinar as pessoas que não tomaram vacina contra o vírus. Ele conseguiu a autorização neste domingo, 14, e a medida passa a ser válida nesta segunda-feira, 15.

O objetivo é claro: no domingo queremos a aprovação de um confinamento nacional para os não vacinados”, havia dito Alexander.

Atualmente, o país encontra aumento no número de casos de pessoas que testaram positivo para doença. As informações são da AFP.

Com a decisão, pessoas não vacinadas ou que se recuperam do vírus não podem sair de casa, tendo autorização apenas para ir ao supermercado, realizar atividades físicas ou passar por uma consulta médica.

A situação é grave [...]. Não adotamos a medida de maneira leve, mas infelizmente é necessária", disse Alexander neste domingo, 14.

Vale ressaltar que a medida é válida para todos que tem mais de 12 anos e não receberam a imunização contra o novo coronavírus.

Atualmente, 64% da população se imunizou totalmente contra a covid-19 e 11.640 de óbitos pelo vírus foram contabilizados.

Segundo Wolgang, atual ministro da saúde, os resultados da medida serão avaliados em um prazo de dez dias. Ele pede que as pessoas se vacinem rapidamente.