Notícias » Arte

Avaliados em R$ 180 mil: Esboços de Cézanne serão leiloados em março

A obra do século 18 foi feita quando o famoso pintos francês tinha entre 17 e 21 anos

Wallacy Ferrari Publicado em 01/02/2022, às 12h58

Retrato fotográfico de Paul Cézanne
Retrato fotográfico de Paul Cézanne - Domínio Público / Wikimedia Commons

Raros desenhos esboçados em uma folha em branco pelo pintor francês Paul Cézanne (1839-1906), redescobertos recentemente em um inventário de mercadorias no sul da França, estarão disponíveis para ofertas em março pela casa de leilões francesa Ivoire, como anunciado na última segunda-feira, 31.

Os rabiscos foram feitos a caneta e sombreados com tinta marrom e lápis. Em um verso da folha, há uma ilustração de soldado em pé, observando um frasco oferecido por uma senhora sentada. No outro lado, há um desenho de paisagem, que especialistas acreditam ter sido feito pela irmã do artista, que possivelmente reaproveitou a folha.

De acordo com o portal de notícias G1, a folha fazia parte de um caderno que foi passado ao filho e, posteriormente, ao neto de Cézanne, mas foi desmembrado, fazendo com que as folhas tomassem destinos distintos e desconhecidos. O último registro deste caderno foi em 1962, quando o colecionador americano Henry Pearlman o doou Museu Nacional Bezalel em Jerusalém.

O leilão está agendado para 13 de março, com avaliação de que alcançará ao menos 20 mil a 30 mil euros (aproximadamente R$ 120 mil e R$ 180 mil na cotação atual). A datação aponta que Cézanne fez este desenho quando tinha entre 17 e 21 anos de idade, que cobre o período de 1856 a 1860, configurando a peça como uma obra do século 19.