Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Ave

Ave rara chega a zoológico no Reino Unido e busca parceiro para salvar espécie

Ave é única fêmea da espécie bico-de-sapato na Inglaterra e chama a atenção por sua envergadura de 2,4 metros

Redação Publicado em 13/07/2022, às 10h35 - Atualizado em 17/07/2022, às 19h00

A ave Abou - Divulgação/Instagram/@exmoorzoo
A ave Abou - Divulgação/Instagram/@exmoorzoo

Uma ave extremamente rara foi acolhido pelo santuário de animais Exmoor Zoo em Devon, na Inglaterra, há cerca de duas semanas e está buscando por um parceiro vitalício para que possa manter a espécie viva.

Abou, como foi batizada, é a única fêmea da espécie bico-de-sapato no país e foi recebida no zoológico através de um programa internacional de reprodução desenvolvido com o intuito de salvar os animais de seu tipo.

Conservacionistas estão criando um macho da espécie para apresentá-la no Reino Unido, o que justifica sua ida ao país. Abou nasceu e viveu durante seus 14 anos no Zoológico Pairi Daiza, na Bélgica.

"Aceitamos Abou como parte do programa europeu de reprodução, onde há mais meninos do que meninas", disse Derek Gibson, curador do Exmoor Zoo ao Newsweek. “Então, a ideia é que, se pudermos mantê-la bem e ela prosperar, quando um macho estiver disponível, ele também virá e se juntará a nós no Exmoor Zoo".

"A questão é que existem apenas 3 mil a 5 mil bicos-de-sapato deixados na natureza — e isso não é um número grande. Estamos falando de uma ave que está muito ameaçada”, explicou. “Devido a práticas agrícolas — como despejar produtos químicos em rios, agricultura intensiva e, claro, mudanças climáticas, os sapatos estão ficando sem lugares para ir".

Ave peculiar

A ave chama a atenção por sua aparência peculiar. Com 1,2 metros de altura, Abou tem uma envergadura de 2,4 metros, pesa 12 kg e tem um bico extremamente peculiar — o que dá o seu nome.

"Houve um grande interesse em Abou — e com razão, ela é magnífica de se ver", destacou Gibson.