Notícias » Estados Unidos

Avião com passageiro que se recusava a utilizar máscara volta para lugar de origem

O voo da companhia American Airlines saia de Miami e voltou para a cidade uma hora depois de decolar

Paola Orlovas, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 20/01/2022, às 15h47

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa - Pixabay

Um avião da American Airlines que ia de Miami para Londres em um voo internacional foi obrigado a voltar ao aeroporto nos Estados Unidos depois que um dos passageiros presentes se recusou a utilizar uma máscara. 

O voo, que aconteceu na noite de quarta-feira, 19, retrocedeu apenas uma hora depois de decolar. Um comunicado dado pela companhia aérea para o portal de notícias G1 dizia que "um cliente causou problemas ao se recusar a cumprir com uma ordem federal sobre o uso de máscaras".

Ainda de acordo com o comunicado da American Airlines para o veículo, o avião acabou voltando para o aeroporto de que partiu, e o ocorrido foi acompanhado de perto por autoridades locais que entraram dentro da aeronave.

Em uma nota, a companhia se demonstrou grata aos funcionários que estavam presentes e se desculpou: "Agradecemos nossa equipe por seu profissionalismo e pedimos desculpas aos nossos clientes pelo inconveniente.”