Notícias » Personagem

Baby Doe Tabor, a mulher pobre que ficou milionária — e morreu na miséria

Elizabeth era conhecida por sua beleza e por seu armário ousado para a época de 1860, até que sua vida sofreu uma reviravolta

Paola Churchill Publicado em 05/04/2020, às 11h00

Retrato de Baby Doe Tabor
Retrato de Baby Doe Tabor - Wikimedia Commons

Elizabeth Bonduel McCourt, que depois ficaria conhecida como Baby Doe Tabor, nasceu em Oshkosh, Wisconsin e vinha de uma família de classe média alta. Cresceu junto aos seus 11 irmãos em uma casa pequena.

Descrita sempre como muito bonita, ela sempre foi a mais mimada da família. Sua mãe, inclusive, a dispensava dos serviços domésticos pesados para preservar a sua pele e seu desejo de ser uma atriz reconhecida.

Em 1875, após um grande incêndio que aconteceu na cidade, os McCourts perderam tudo, a loja de roupas do pai e a casa. Eles tiveram que hipotecar seus bens para reconstruir a vida, mas isso deixou Peter McCourt ainda mais endividado. Durante muito tempo, a família teve que viver apenas com o salário de um funcionário para alimentar 14 bocas.

Vida nas Minas

Lizzie nunca se deixava abalar e ainda ostentava suas roupas pela pequena cidade. Seus trajes eram considerados muito ousados para época, pois mostravam parte de sua perna. Em 1876, o jovem protestante Harvey Doe se apaixonou pela garota, um ano depois se casaram na igreja católica, para o descontentamento dos parentes dele.

[Colocar ALT]
Retrato de Baby Doe, em 1883/Crédito: Wikimedia Commons

Doe tinha que cuidar das minas de carvão da família, então o casal se mudou para o Colorado, sua esposa achava o lugar encantador e lá que conseguiu o apelido de Baby Doe. Ajudava ativamente na mineração, chegando a vestir roupas de mineiros e trabalhar diretamente nos túneis.

O casamento certo

Seu comportamento deixou o marido muito irritado, ordenando a mulher que parasse de usar roupas masculinas e ficasse em casa. O matrimônio estava em ruínas, após dar a luz a um bebê natimorto, o homem que jurou amá-la para sempre começou a traí-la com prostitutas da região.

Em 1880, a ousada mulher pediu o divórcio do marido e seguiu seu próprio rumo. Começou a trabalhar em uma loja de roupas de um amigo, mas se sentia entediada em boa parte do tempo. Foi nessa época que conheceu Horace Austin Warner Tabor, dono de uma companhia de mineração. Apesar de casado, o milionário só tinha olhos para a vendedora.

Horace logo terminou seu outro casamento para ter a amante do seu lado, e nem se importou com a mentira que contou. A mulher afirmava ter 22 anos quando na verdade tinha 28. Só seu vestido de noiva custou 7.500 dólares, convertendo para a cotação atual, isso daria em torno de 178 mil dólares, junto com um colar de diamantes que hoje valeria 2 milhões de dólares.

O casal se mudou para Denver, e em 1884, nasceu à primeira filha, Lilly. Cinco anos depois, uma segunda menininha apareceu e seus pais, fascinados pelo dinheiro e pela mineração, a nomearam Silver Dollar.

Morrendo de frio

A felicidade durou muito pouco. Por causa de uma crise no ramo da época, a família Tabor teve que vender todos os seus bens e começar do zero, tendo até que colocar a mão na massa e eles mesmos irem minerar os metais preciosos.

Cabana que Baby Doe passou seus últimos dias/  Crédito: Wikimedia Commons 

 

Mesmo com Horace em seu leito de morte, Baby Doe não deixava de querer milhões e milhões, e após a morte do amado, recusou vender a única mina que restava — apesar de não ter quase alguma produção ainda.

Ela estabeleceu um barraco improvisado no local e ela e suas filhas, acostumadas com o luxo e riqueza se viram em uma situação de total pobreza. A ex-milionária perdeu o direito da propriedade, mas os novos donos deixaram que ela continuasse morando na cabana, pois não tinha outro lugar para ir.

Se antes era considerada uma das mulheres mais belas e bem vestidas dos Estados Unidos, no final da sua vida era uma idosa aos farrapos, que não aguentou o frio de Denver e morreu congelada, em 1935.


+Saiba mais sobre aquela época através das obras disponíveis na Amazon: 

My Way of Life: Joan Crawford (2017) - https://amzn.to/2VMvFto

The Lonely Life: An Autobiography (English Edition) (1962) - https://amzn.to/3cCHDf1

As Mais Famosas Atrizes de Hollywood: 1940 a 1960 - Parte 1: Audrey Hepburn, Ingrid Bergman, Grace Kely, Debora Kerr, Ava Gardner, Claudette Colbert e outras, de Americo Luis Martins da Silva ( 2019) - https://amzn.to/2TuO24E

O que é o cinema?, de por André Bazin e Eloisa Araújo Ribeiro ( 2018) - https://amzn.to/2TJssrR

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/3b6Kk7du