Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Brasil

Bahia teve mais de cinco mil mortes violentas em 2021

Segundo o índice organizado pelo g1, o estado teve o maior número dentre todo o Brasil

Pedro Paulo Furlan, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 21/02/2022, às 15h59

Imagem meramente ilustrativa de uma arma de fogo - Pixabay / Brett_Hondow
Imagem meramente ilustrativa de uma arma de fogo - Pixabay / Brett_Hondow

No ano de 2020, o Brasil contou com 44.061 mortes violentas ao longo de todo o território, incluindo homicídios dolosos (nos quais o culpado tinha a intenção de matar), feminicídios, latrocínios e lesões seguidas de mortes.

Mesmo que, em 2021, o número tenha caído para 41.019 casos, a Bahia continua sendo o estado com maior número.

Pelo terceiro ano seguido, o índice, apurado pelo portal de notícias g1 com base em dados oficiais de cada unidade federativa, mostrou que o território baiano teve mais mortes violentas que qualquer outro estado. Enquanto, em 2020, o número tenha sido 5.276 casos, no ano de 2021 caiu para 5.099, cerca de 3,4% de queda.

Dentre os casos baianos deste último ano, quase cinco mil foram homicídios dolosos, além de contar com 122 latrocínios e 46 lesões corporais seguidas de morte.

O índice, que foi revelado nesta segunda-feira, 21, também expõe que abril foi o mês mais violento para a Bahia, com 532 crimes destes tipos acontecendo.

De acordo com as informações do g1, quase todas as regiões brasileiras apresentaram uma queda de casos, com o Nordeste tendo menos 9,18% de casos, em comparação com os 20.293 de 2020. A única que teve um número maior foi a região Norte, apresentando uma alta de casos equivalente a 10,37%.