Notícias » Barbados

Barbados comemora primeira eleição presidencial, após se desvencilhar da monarquia britânica

Sandra Mason foi eleita presidente; rainha Elizabeth II não é mais soberana na ilha

Penélope Coelho Publicado em 22/10/2021, às 09h00

Sandra Mason e Elizabeth II
Sandra Mason e Elizabeth II - Getty Images

Mais de um ano depois de anunciar a intenção de se separar da Commonwaelth, a ilha de Barbados, no Caribe, celebrou as primeiras eleições presidenciais de sua história, na última quarta-feira, 20.

Com a decisão, o país ganha independência da monarquia britânica. Antes do ocorrido, a rainha Elizabeth II era Chefe de Estado do local.

De acordo com informações publicadas pelo jornal Estado de Minas, Sandra Mason, de 72 anos, foi eleita presidente por voto universal indireto e deve tomar posse no final do mês que vem.

Barbados agora deixou de ser uma monarquia constitucional e está dando os primeiros passos para se tornar uma república. Antes das eleições, Mason era governadora geral da ilha, cumprindo papel de representante da rainha no país.

Com votação realizada no Parlamento em 29 de setembro, a associação de Barbados com a monarquia inglesa chegou ao fim. Sendo assim, Elizabeth II não é mais soberana no local, que era um dos últimos reinos de ex-colônias britânicas da Commonwealth.