Notícias » Mundo

Bases dos Estados Unidos no Iraque são atacadas pelo Irã

Ação ocorre para vingar a morte do general Qassem Soleimani. Em resposta ao ataque, Trump tuitou que estava “tudo bem”

Joseane Pereira Publicado em 08/01/2020, às 06h00

Bandeiras de Israel e Estados Unidos sendo queimadas em funeral do general Qasem Soleimani
Bandeiras de Israel e Estados Unidos sendo queimadas em funeral do general Qasem Soleimani - Getty Images

Na noite desta terça-feira (7), cerca de doze mísseis foram atirados pelo Irã contra duas bases no Iraque que abrigam tropas norte-americanas e iraquianas. Uma das bases atingidas estava localizada na região curda de Erbil, e a outra em Ain Al-Asad, no oeste do país. A Guarda Revolucionária do Irã admitiu responsabilidade pelo ato.

Os mísseis teriam atingido áreas que não eram ocupadas por norte-americanos, segundo avaliação dos Estados Unidos. "Está claro que esses mísseis foram lançados do Irã. Estamos trabalhando em avaliar os danos iniciais da batalha", declarou o Pentágono. A existência de vítimas iraquianas ainda não foi confirmada.

Em um tuíte de resposta ao ataque, o presidente norte-americano Donald Trump afirmou: "Tudo está bem! Mísseis lançados do Irã em duas bases militares localizadas no Iraque. Avaliação das vítimas e danos está ocorrendo agora. Por enquanto, tudo bem! Temos, de longe, as forças armadas mais poderosas e bem equipadas do mundo! Farei uma declaração amanhã de manhã".