Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Brasil

Bebê é encontrada em lixeira e resgatada em Cabo de Santo Agostinho

A criança ainda estava com o cordão umbilical quando foi retirada do cesto de lixo e levada para uma UPA

Pedro Paulo Furlan, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 14/02/2022, às 14h09

Bebê encontrada em uma lixeira na região metropolitana de Recife - Divulgação / Arquivo Pessoal
Bebê encontrada em uma lixeira na região metropolitana de Recife - Divulgação / Arquivo Pessoal

Na região metropolitana de Recife, na cidade Cabo de Santo Agostinho, o mecânico Luiz Paulo Silva visitava uma pescaria com um amigo quando ouviu um barulho peculiar vindo de uma lixeira, no último domingo, 13. Após investigação, o homem descobriu que era, na verdade, o choro de uma recém-nascida.

A menina, que ainda estava coberta de sangue e com o cordão umbilical, foi levada diretamente a uma Unidade de Pronto Atendimento e todos os cuidados foram administrados. Luiz já apontou que deseja adotá-la, no entanto, isto só será possível caso nenhum parente da bebê seja encontrado na Justiça.

Em depoimento para o portal de notícias UOL, o mecânico expressou sua tristeza pela situação em que encontrou a bebê e contou mais sobre como se sente em relação à criança que auxiliou naquele momento.

“Senti uma tristeza muito grande quando vi aquela menininha dentro daquela caixa. Mas, ao mesmo tempo, agradeci a Deus por ter passado por ali naquela hora. Se ninguém tivesse encontrado ela logo, era capaz da bebê morrer. Ela estava toda suja de sangue e chorando muito. Quero muito poder adotar essa criança”, afirmou.

Encontrada enrolada em um lençol e dentro de um cesto de lixo, a bebê está agora na Maternidade Padre Geraldo Leite Bastos e está bem. A recém-nascida foi alimentada pela esposa de Luiz, já que o casal tem um bebê na fase de amamentação agora, como o mecânico relatou à imprensa.

“Eu estava indo pescar com um amigo e parei quando escutei o choro de uma criança. Quando parei para procurar encontrei a bebê dentro da lixeira. Ela estava dentro de uma caixa e eu levei logo para casa e minha esposa amamentou ela porque temos uma criança que ainda está mamando em casa”.