Notícias » Brasil

Bebê quase é enterrado vivo em Rondônia

Antes do sepultamento, um agente funerário percebeu que a criança respirava e tinha batimentos cardíacos

Redação Publicado em 29/12/2021, às 09h13

Imagem ilustrativa dos pés de um bebê
Imagem ilustrativa dos pés de um bebê - Imagem de kaosnoff via Pixabay

Um bebê nascido no quinto mês de gestação foi dado como morto logo após seu nascimento. No entanto, o agente funerário que preparava o recém-nascido para o enterro percebeu que ele respirava e tinha sinais de batimentos cardíacos. O caso ocorreu em Ariquemes, no estado de Rondônia.

A mãe da criança não sabia que estava grávida. Conforme afirmam seus familiares, a jovem de 18 anos buscou atendimento médico na última segunda-feira, 27, uma vez que sentia fortes dores. Porém, acabou sendo mandada de volta para casa, sem ao menos ser informada da gravidez.

Com o tempo, as dores se tornaram ainda mais fortes e a jovem acabou dando à luz em sua própria residência, sem qualquer auxílio médico, conforme informou o portal de notícias G1. Chegando ao hospital, a criança de pouco mais de 1 quilo foi dada como "natimorta".

Por volta das 3h da manhã, um agente funerário foi chamado para recolher o corpo do bebê e levá-lo à funerária. Entretanto, horas depois, enquanto preparava o prematuro para o enterro, o profissional percebeu um suspiro e notou que criança apresentava batimentos cardíacos.

Vendo que o bebe estava vivo, o agente o levou de volta ao hospital, onde foi internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal. Não há informações sobre o estado de saúde da criança.

Os familiares e a funerária, porém, registraram um boletim de ocorrência na Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) de Ariquemes. O caso deverá ser investigado pela Polícia Civil.