Notícias » Estados Unidos

Biden promete reduzir emissão de gases do efeito estufa pela metade até 2030

O anúncio foi feito no discurso de abertura da Cúpula do Clima e pretende fazer isso com intervenções industriais

Wallacy Ferrari Publicado em 22/04/2021, às 09h37

Biden discursa no evento
Biden discursa no evento - Divulgação / Youtube

O presidente dos EUA, Joe Biden, anunciou a meta de reduzir as emissões de gases do efeito estufa entre 50% e 52% até 2030 usando como base os dados obtidos no índice dos níveis de 2005. A promessa, feita na Cúpula de Líderes dobre o Clima na manhã desta quinta-feira, 22, tem validade em território estadunidense, mas busca estimular outras nações a aderir a redução.

De acordo com o portal UOL, a medida retoma a luta nacional dos Estados Unidos contra o aquecimento global, principalmente após a saída de seu antecessor, Donald Trump, que havia retirado o país de esforços internacionais visando o corte de emissões poluentes.

"Os Estados Unidos estão no caminho para cortar as emissões pela metade até o final desta década. E é assim que vamos seguir como nação", afirmou Biden durante o discurso de abertura da reunião internacional. Ele acrescentou que o plano de infraestrutura terá 2 trilhões de dólares de investimento e busca padronizar setores como a produção de energia limpa e carros elétricos.

Apesar do anúncio antecipado, as medidas precisam ser aprovadas pelo Congresso para entrarem em vigor. Além disso, há um plano de mais longo prazo; Biden quer descarbonizar a economia dos EUA até 2050 — período que requer continuidade no trabalho e rende críticas de republicados, que apontam possível prejuízo na economia.