Notícias » EUA

Biden se preocupa com possível superlotação de hospitais

O alerta do presidente dos EUA acontece em meio ao aumento de casos de Covid-19 no país

Redação Publicado em 28/12/2021, às 08h15

O presidente Joe Biden
O presidente Joe Biden - Getty Images

O presidente norte-americano, Joe Biden, alertou durante reunião virtual na Casa Branca que alguns hospitais nos Estados Unidos podem ficar superlotados nos próximos dias em razão do aumento dos casos de Covid-19.

O chefe de Estado, no entanto, ressaltou que o país se encontra preparado para enfrentar a nova onda e que as pessoas não devem entrar em pânico.

"A ômicron é uma fonte de preocupação, mas não deve ser uma fonte de pânico", afirmou o político a governadores e assessores de saúde na última segunda-feira, 27.

Biden destacou, na ocasião, que os testes estão muito mais acessíveis, além de que a vacinação em massa faz com que muitas pessoas não desenvolvam formas graves da doença.

"Como houve muitas vacinações e reforços, não estamos vendo as hospitalizações aumentarem tanto quanto antes", disse o presidente, conforme informações da AFP. "Americanos, os Estados Unidos tiveram avanços. As coisas estão melhores."

No entanto, o democrata considerou: "à medida que aumentam os casos, ainda temos dezenas de milhões de pessoas não vacinadas e vemos o crescimento das hospitalizações. Existem hospitais em alguns lugares que vão ficar sobrecarregados tanto em termos de equipamentos quanto de pessoal".

O presidente também reconheceu que, a capacidade de testagem ainda não é suficiente. "Ver como foi difícil para algumas pessoas acessar um teste neste fim de semana mostra que temos trabalho pela frente". Biden afirmou estar trabalhando para disponibilizar mais testes domésticos.