Notícias » Inglaterra

Big Ben foi mais danificado por bombas da Segunda Guerra do que se imaginava

Durante a reforma do principal ponto turístico londrino, foram descobertos problemas no teto e nos ponteiros causados em 1941

Daniela Bazi Publicado em 03/03/2020, às 08h00

Imagem ilustrativa do Big Ben
Imagem ilustrativa do Big Ben - Wikimedia Commons

De acordo com os especialistas responsáveis pela reforma no Big Ben, principal ponto turístico de Londres, o grande relógio foi muito mais danificado pelas bombas que atingiram a cidade durante a Segunda Guerra Mundial do que era imaginado.

Em 1941, um bombardeio feito pelos nazistas teria destruído o salão principal da Câmara dos Comuns e deteriorado o teto e os ponteiros do monumento. Além disso, outros danos foram causados ao passar do tempo por poluição e amianto, aumentando o custo da obra em 20 milhões de libras, segundo as Comissões da Câmara dos Comuns e a Câmara dos Lordes.

De acordo com um comunicado do diretor-geral da Câmara dos Comuns, Ian Ailles, a reforma do relógio se tornou mais complexo pois “entender a extensão total do dano na torre foi impossível até se montar os andaimes”.