Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Rússia

Big Mac continua sendo vendido na Rússia, mas com novo nome

A famoso sanduíche é reaproveitado, após saída da rede McDonald's do país, pelos estabelecimentos que ocuparam as unidades

Wallacy Ferrari Publicado em 16/06/2022, às 17h05

Imagem ilustrativa de Big Mac - Getty Images
Imagem ilustrativa de Big Mac - Getty Images

A abrupta saída da rede de fast-food McDonald's do território russo em decorrência das sanções internacionais impostas ao país pela invasão militar no território da Ucrânia chamou atenção, não apenas pela retirada nos negócios, mas pela reabertura das unidades do restaurante sob nova direção e com outros nomes.

Reaproveitando desde a estrutura das cozinhas até recontratando funcionários, o estoque da rede também não foi descartado, como revelou agências de notícias russas durante a primeira semana de funcionamento da rede Vkusno & tochka ("Delicioso e é isso", em tradução livre), que substituiu os endereços.

Dessa forma, o sanduiche mais famoso da rede norte-americana continuou a ser confeccionado com a mesma receita e ingredientes dos mesmos fornecedores, mas agora, com novo nome, como noticiou o portal de notícias G1. Em filiais de estações ferroviárias em Moscou e em São Petersburgo, ele é anunciado como ‘Bolshoi Burger’.

Saída do McDonald's

Ao optar por deixar a Rússia e vender os restaurantes para AlexanderGovor, cuja empresa russa GiD já administrava 25 das quase 850 lojas, a administração internacional do McDonald's assumiu um prejuízo de até US$ 1,4 bilhão. Govor afirma que planeja expandir a nova marca para até mil lojas em todo o território russo e reabrir todos os pontos da rede ocidental em até dois meses.

O dia da abertura é importante porque é a primeira vez que os consumidores poderão realmente sentir, tocar e ver a marca e o que ela representa. [...] É importante qual será a reação e, obviamente, as pessoas irão compará-lo ao McDonald's", acrescentou.