Notícias » Mundo

Bilionário japonês doa 1 bilhão de ienes da sua fortuna para Ucrânia

Hiroshi Mikitani é o fundados da varejista Rakuten e se comoveu com a situação do país europeu

Redação Publicado em 27/02/2022, às 11h12

Hiroshi Mikitani em evento no ano de 2019
Hiroshi Mikitani em evento no ano de 2019 - Getty Images

O bilionário japonês Hiroshi Mikitani, 56, popularmente conhecido pelo apelido "Mickey", que abrevia seu último sobrenome, não apenas manifestou ser contrário as operações russas no território ucraniano como anunciou no último sábado, 26, que doará 1 bilhão de ienes (aproximadamente R$ 45 milhões na cotação atual) da sua fortuna para a Ucrânia.

Buscando direcionar esse dinheiro para esforços de combate ao ataque russo, o anúncio foi feito através de seu perfil oficial no Twitter, acompanhado de uma carta aberta ao presidente ucraniano Volodymyr Zelensky, afirmando que tomou a decisão junto da família, ainda classificando que estão limitados para saber o que podem fazer para contribuir com a força do país contra a intervenção.

Nossos corações estão com você. [...] Espero sinceramente que a Rússia e a Ucrânia possam resolver esta questão pacificamente e que o povo da Ucrânia possa ter a paz novamente o mais rápido possível. Continuarei a prestar apoio à Ucrânia e ao seu povo", acrescentou.

Mickey fez fortuna ao criar a Rakuten, maior varejista de comércio eletrônico no Japão e patrocinadora do clube de futebol Barcelona-ESP. Com ela, se tornou o sétimo japonês mais rico conforme estimou a revista Forbes em 2021, acumulando um patrimônio de pelo menos 5,4 bilhões de dólares (cerca de R$ 27 bilhões).