Notícias » Personagem

Bill Gates revela priorizar filantropia a corrida espacial

O quarto homem mais rico do mundo afirmou que seu foco é outro

Ingredi Brunato, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 13/12/2021, às 17h06

Fotografia de Bill Gates em 2019
Fotografia de Bill Gates em 2019 - Getty Images

Bill Gates, co-fundador da Microsoft e quarto homem mais rico do mundo, comentou em uma entrevista à CNN que, diferente de Elon Musk e Jeff Bezos, não está interessado na corrida espacial. 

O bilionário faz referência ao fato dos outros dois magnatas serem donos de poderosas agências espaciais — respectivamente, a SpaceX e a Blue Origin

“A corrida espacial, em grande parte, é um mercado comercial (...) Portanto, isso não é totalmente motivado por filantropia. Espero que as pessoas ricas encontrem maneiras de devolver sua riqueza à sociedade. Obviamente, elas têm habilidades. Não podem, ou ao menos não deveriam, querer consumir tudo sozinhas", apontou ele. 

Gates afirmou que atualmente está mais preocupado com a solução de problemas terrestres que com a exploração do universo. Um desses, por exemplo, são doenças que afligem inúmeras pessoas ao redor do globo. 

"Até que possamos nos livrar da malária e da tuberculose e de todas essas doenças que são tão terríveis nos países pobres, esse será meu foco total”, concluiu o filantropo, segundo divulgado pela CNN.

Vale mencionar que, recentemente, a fundação Bill e Melinda Gates, que é mantida pelo co-fundador da Microsoft e por sua esposa, participou de um projeto que foi capaz de erradicar a oncocercose no Níger, fazendo com que esse tenha se tornado o primeiro país africano a ficar livre dessa doença parasitária crônica.