Notícias » EUA

A reviravolta de Billy Owen: a impressionante história do americano que venceu um câncer nasal

O mecânico Billy Owen descobriu tardiamente que possuía um câncer nasal, de modo que teve de retirar parte de seu rosto cirurgicamente, incluindo seu olho direito

Giovanna Gomes Publicado em 09/01/2021, às 09h00

Billy Owen
Billy Owen - Divulgação/Youtube

O mecânicoBilly Owen sofria com dores de cabeça e dificuldades para respirar, o que fez com que os médicos pensassem que se tratasse de uma sinusite. Mas não era. O que o morador da cidade americana de Oklahoma tinha era algo muito mais difícil de ser tratado: um câncer nasal em estado já avançado. 

O diagnóstico

A história de Owen se tornou mundialmente conhecida em 2015. “Eu tinha dores de cabeça e não conseguia respirar porque minha narina direita estava totalmente obstruída”, declarou Owen em entrevista ao Huffington Post.

Certos de que se tratava de uma simples crise de sinusite, os médicos receitaram descongestionantes, que se revelaram incapazes de solucionar o problema.

Percebendo que o quadro de Billy não melhorava, sua esposa o incentivou a buscar ajuda de um especialista. Foi então que ele descobriu algo que mudaria sua vida por completo.

Billy descobriu o câncer em 2009/ Crédito: Divulgação/Facebook

 

Em 13 de fevereiro de 2009, o homem recebeu a notícia de que possuía carcinoma nasossinusal, que compreende câncer na cavidade nasal. Como Owen descobriu a doença quando ela já havia se espalhado, sua chance de sobrevivência não passava dos 10%, conforme divulgado pelo All That Interesting em 2018.

Vencendo o câncer 

Como o diagnóstico foi tardio, os médicos tiveram que remover metade do rosto de Billy. Com isso, o homem perdeu - além do olho direito -, músculos e nervos no rosto e da cavidade nasal. Além disso, também passou a sofrer com ausência de parte do olfato.

Inevitavelmente, Owen acabou ficando com um buraco aberto no local de seu olho, sendo ele capaz de colocar um dedo na boca e este passar pela órbita. Porém, contrariando as estatísticas, ele venceu o câncer, segundo notícias divulgadas até 2018.

Owen venceu o câncer/ Crédito: Divulgação: Facebook

 

Momentos difíceis

Após ter passado por momentos complicados no hospital no pós-operatório, Owen logo sentiu que tudo ficaria bem. “Senti algo esfregando minha mão, como a presença de Deus. Tive uma sensação de paz, como se tudo estivesse bem.”

Com a perda do olho direito, Billy não conseguiu seguir carreira como mecânico, já que havia um grande risco de segurança. “Posso fazer isso por mim, mas se outra pessoa morrer porque não vi um parafuso solto, não sei o que faria”, disse ele. 

Ele declarou que antigamente consumia bebidas alcoólicas compulsivamente, mas que, depois da doença, percebeu que deveria mudar seu estilo de vida. Assim, decidiu que faria de tudo para ser o mais presente possível para sua esposa e filho.

Owen e sua família / Crédito: Divulgação

 

Recomeço

Tirando a "coceira fantasma" no espaço onde costumava estar o olho de Billy, o que ele considera uma grande desvantagem, o ex-mecânico voltou a ter uma vida normal.

Após a operação, Owen conseguiu empregos com funções muito diferentes das que costumava exercer. Ele conseguiu interpretar, por exemplo, um zumbi em filmes, a se apresentar em eventos diversos.

Também passou a contar sua história de superação em diferentes ocasiões como no Venice Beach Freakshow na cidade de Los Angeles, surpreendendo e inspirando muitas pessoas.