Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Família Real Britânica

Biógrafa alfineta Meghan Markle e diz que ela deveria aprender com Camilla

A escritora também comparou a Duquesa de Sussex a Camilla Parker-Bowles

Pedro Paulo Furlan, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 09/02/2022, às 17h35

Meghan Markle durante serviço de Commonwealth em 2020 - Getty Images
Meghan Markle durante serviço de Commonwealth em 2020 - Getty Images

Após a Rainha Elizabeth II afirmar no início deste mês, fevereiro de 2022, que esperava que Camilla Parker-Bowles, a mulher de seu filho, o Príncipe Charles, fosse acolhida como rainha consorte, a escritora e biógrafa de diversos membros mais velhos da família real, Angela Levin, expressou suas opiniões sobre duas das mulheres da Casa Windsor.

O ponto principal de sua entrevista com o tabloide britânico Daily Mail foi a comparação entre Camilla e a Duquesa de Sussex, a ex-atriz Meghan Markle, na qual expressou sua reprovação pela maneira com a qual Markle se comporta. Além disso, afirmou que a duquesa seria uma “mulher muito, muito difícil”.

Durante a conversa, de acordo com a cobertura do portal de notícias Metrópoles, Levin foi questionada sobre os motivos pelas movimentações de Meghan Markle e o porquê dela ser tão diferente da futura rainha-consorte. Para isso, a biógrafa levou o assunto para as famílias de ambas as aristocratas, revelando o que pensa sobre a de Markle.

Camilla vem de uma família sólida, ela teve pais que se amavam e a criaram de uma maneira muito fácil. Acho que a duquesa de Sussex precisa se provar sem parar. Ela assume tudo o que pode porque precisa estar lá na frente. Ela tem que vencer, e vimos isso com todas essas acusações legais, uma mulher muito, muito difícil, eu acho", expressou.

Ao longo da duração da entrevista, Angela Levin também afirmou que Meghan Markle tem muito a aprender com Camilla Parker-Bowles, em especial com a maneira com que a mulher do Príncipe Charles levou sua rejeição pela população britânica: "ela nunca culpou ninguém e nunca tentou ganhar as pessoas, ela apenas esperou".

Na sua opinião, é dessa maneira, aprendendo com Camilla, que Meghan Markle conseguiria melhor auxiliar seu marido, o Príncipe Harry — levando em conta o fato que Meghan e Harry foram detonados pela mídia do Reino Unido após a mudança para os Estados Unidos e entrevista com a apresentadora Oprah.

Quando está com o príncipe Charles, ela [Camilla] dá um passo para trás e está lá para apoiá-lo, como o príncipe Philip fazia. Ela não tenta interferir, ela não tenta ser mais esperta dele, ou se apressar e apertar a mão de quem está lá”, opinou.