Notícias » Crimes

Biólogo russo tenta contrabandear mais de 100 animais em Guarulhos

Segundo as autoridades do aeroporto, o homem escondeu aranhas, peixes e lagartos em sua bagagem para sair do país

Pamela Malva Publicado em 20/01/2021, às 12h00

Fotografia dos peixes dentro de garrafa de água
Fotografia dos peixes dentro de garrafa de água - Divulgação/Youtube/Bom Dia Brasil

Autoridades do aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, São Paulo, se assustaram na madrugada desta quarta-feira, 20, ao se depararem com um caso inédito. Às 4h da manhã, um biólogo russo foi pego com mais de 100 animais em sua bagagem.

Segundo o jornal Bom Dia Brasil, da Rede Globo, via UOL, o homem tentou sair do país com diversas espécies nativas dentro de sua mala. Nesse sentido, ele escondeu os animais vivos entre suas roupas e até em garrafas de água.

Após o flagrante, uma equipe do Ibama foi acionada. Os agentes, então, verificaram que o biólogo trazia aranhas, sapos, peixes e mais de 50 lagartos em sua bagagem. Todas as espécies foram coletadas em São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

De acordo com as investigações iniciais, a ideia do biólogo russo, cuja identidade não foi revelada, era comercializar os animais brasileiros. Seu plano, contudo, foi interrompido e as autoridades confiscaram todos os seres vivos que seriam contrabandeados.