Notícias » Coronavírus

Biomédica brasileira é homenageada com Barbie por seu trabalho em meio à pandemia de Covid-19

A fábrica de brinquedos Mattel produziu uma boneca Barbie em homenagem à Jaqueline Góes de Jesus

Penélope Coelho Publicado em 05/08/2021, às 11h28

A pesquisadora
A pesquisadora - Divulgação/Vídeo/G1

De acordo com informações publicadas na última quarta-feira, 4, pela BBC, a biomédica brasileira natural de Salvador, Jaqueline Góes de Jesus, de 31 anos, foi uma das profissionais da saúde homenageada pela fábrica de brinquedos Mattel, por seu trabalho em meio à pandemia de Covid-19.

Góes foi homenageada com uma representação sua da famosa boneca Barbie, a biomédica fez parte da equipe responsável pelo sequenciamento genético do novo coronavírus, nos primeiros casos da doença na América Latina.

Jaqueline se formou em Biomedicina pela Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, posteriormente, se tornou mestre em Biotecnologia em Saúde e Medicina Investigativa pelo Instituto de Pesquisas Gonçalo Moniz; com doutorado em Patologia Humana pela Universidade Federal da Bahia.

Profissionais da saúde homenageadas pela Mattel /Divulgação/Mattel

 

Antes de trabalhar intensamente nas pesquisas relacionadas ao novo coronavírus, a biomédica ainda integrou a equipe que sequenciou o genoma do zika vírus.

Além da brasileira, outras cinco mulheres profissionais da saúde de diversas partes do mundo também foram homenageadas pela Mattel, entre elas, a especialista no desenvolvimento de vacinas, Sarah Gilbert, britânica que comandou a criação da vacina de Oxford-AstraZeneca.