Notícias » Nigéria

Boko Haram reivindica sequestro de mais de 300 adolescentes na Nigéria

O grupo jihadista invadiu uma escola na região de Kankara e levou centenas de estudantes do local

Redação Publicado em 15/12/2020, às 11h24

Imagem de uma sala de aula vazia na Nigéria
Imagem de uma sala de aula vazia na Nigéria - Divulgação/Youtube

De acordo com informações da agência de notícias AFP, divulgadas pelo UOL, nesta terça-feira, 15, o grupo jihadista Boko Haram reivindicou a responsabilidade pelo sequestro de pelo menos 333 estudantes de uma escola em Kankara, na Nigéria.

Segundo revelado na publicação, o líder do Boko Haram anunciou a responsabilidade através de uma mensagem de voz.

Na ocasião, o homem disse: "Sou Abubakar Shekau e nossos irmãos estão por trás do sequestro". Sabe-se que Shekau também está envolvido no sequestro de mais de 200 meninas no ano de 2014, em Chibok, também na Nigéria.  

O ataque mais recente aconteceu na última sexta-feira, 11, até o momento mais de 333 jovens continuam desaparecidos. Na ocasião, alguns estudantes conseguiram fugir para uma floresta próxima, contudo, a maioria dos adolescentes foi levada pelo grupo jihadista.

Na ocasião, centenas de homens fortemente armados invadiram o colégio localizado na região rural de Kankara, gerando uma onda de pânico no país.

De acordo com o presidente nigeriano Muhammadu Buhari, o ataque é condenável e agora todas as escolas do país terão reforços em sua segurança, atualmente, os colégios estão fechados na região onde o sequestro aconteceu.