Notícias » Brasil

Bolsonaro cogita não se candidatar para as eleições de 2022 caso voto seja feito em urna eletrônica

O presidente do Brasil deu a declaração recentemente para apoiadores de seu governo

Redação Publicado em 20/07/2021, às 11h25

Jair Bolsonaro em 2019
Jair Bolsonaro em 2019 - Getty Images

Na última segunda-feira, 19, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) deu uma declaração polêmica para seus apoiadores que o esperavam na entrada do Palácio da Alvorada.

Na ocasião, o político levantou a possibilidade de não se candidatar para as eleições presidenciais de 2022, caso os votos sejam realizados em urna eletrônica, como é de praxe no país. As informações são do jornal Folha de São Paulo.

O presidente admitiu que acredita que a PEC para o voto impresso não deve ser aprovada pela Câmara e deu a entender que nesse sistema não participará das eleições.

"Eu entrego a faixa para qualquer um, se eu disputar a eleição, né? Se eu disputar, eu entrego a faixa para qualquer um. Uma eleição limpa [...] Agora, participar de uma eleição com essa urna eletrônica”, afirmou o presidente.

Bolsonaro defende que para as eleições do ano que vem, o sistema de votos seja impresso. De acordo com o político, a urna eletrônica é passível de fraude, contudo, ele nunca apresentou provas de suas alegações.

De acordo com a reportagem, líderes partidários e o Tribunal Superior Eleitoral condenam o posicionamento do presidente, para eles, o discurso do político abre brechas para que ele questione e conteste o resultado das eleições, caso não vença novamente.

Apesar da recente fala de Bolsonaro para seus apoiadores, sabe-se que o presidente já havia revelado anteriormente a intenção de se candidatar a reeleição.