Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Brasil

Bolsonaro diz que será difícil encontrar jornalista e ativista vivos

O presidente ainda fez críticas ao STF sobre o desaparecimento de Dom Phillips e Bruno Pereira

Redação Publicado em 13/06/2022, às 14h25

Presidente Jair Bolsonaro sobre  o desaparecimento de Dom Phillips e Bruno Pereira - Divulgação/ Youtube Canal UOL
Presidente Jair Bolsonaro sobre o desaparecimento de Dom Phillips e Bruno Pereira - Divulgação/ Youtube Canal UOL

Em uma declaração feita para a rádio ‘CBN Recife’, hoje, 13, o presidente da república, Jair Bolsonaro, afirmou que tudo leva a crer que será difícil encontrar o jornalista britânico Dom Phillipse o indigenista Bruno Pereira com vida, após oito dias do desaparecimento.

“Estou acompanhando [as buscas dos corpos do jornalista Dom Phillips e do indigenista Bruno Pereira]. Agora, os indícios levam a crer que fizeram alguma maldade com eles. Foram encontradas vísceras humanas, que já estão aqui em Brasília para se fazer o DNA”, declarou o presidente.

Em seguida, Bolsonaro diz que 'será difícil encontrá-los com vida'. 

"E, pelo tempo, já temos aqui oito dias, vai ser muito difícil encontrá-los com vida. Eu peço a Deus que os encontrem com vida, mas os indícios levam para o contrário no momento", acrescentou.

Fortes críticas ao STF sobre o caso

Após concluir seus pensamentos acerca da procura dos corpos, o líder da nação reclamou de decisão do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Luís Roberto Barroso, que mandou o governo federal adotar imediatamente "todas as providências necessárias" para a localização do jornalista e do indigenista. 

“Agora é dispensável o senhor Barroso, o 'dono da verdade', dar cinco dias para o presidente explicar ou achar esses dois que desapareceram na região Amazônica. Agora, embora não tenha o número exato, é preciso dizer para o senhor Barroso que temos dezenas de milhares de pessoas que desaparecem no Brasil. Agora ele se preocupou apenas com esses dois.”

Minutos após o final da entrevista, a esposa de Dom, Alessandra Sampaio, afirmou que os corpos do marido e do indigenista brasileiro haviam sido encontrados, de acordo com o portal de notícias ‘UOL’. As autoridades, no entanto, negaram a informação.

Veja a declaração completa: