Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Brasil

Bolsonaro veta projeto que altera nome do 'Dia do Índio'

Segundo o presidente, "não há interesse público na alteração"

Redação Publicado em 02/06/2022, às 09h40

O presidente Jair Bolsonaro - Getty Images
O presidente Jair Bolsonaro - Getty Images

O presidente Jair Bolsonaro vetou, nesta quinta-feira, 2, o projeto de lei que alteraria formalmente o nome do "Dia do Índio" para "Dia dos Povos Indígenas". O texto havia sido aprovado no início de maio pelo Senado.

Conforme declarou a deputada Joenia Wapichana (Rede-RR), quem é a autora do projeto, a "alteração tem o objetivo de ressaltar o valor das populações para a sociedade brasileira". No entanto, para Bolsonaro, "não há interesse público na alteração".

De acordo com o portal g1, o presidente argumenta que a Constituição Federal utiliza o termo "índios" no capítulo em que se refere aos direitos dos povos originários, "não havendo fundamentos robustos para sua revisão".

O governo e os povos indígenas

Desde o início de seu mandato, Jair Bolsonaro vem recebendo inúmeras críticas por seu posicionamento frente às questões relacionadas aos povos indígenas.

Em discurso na Assembleia Geral das Nações Unidas de 2019, por exemplo, o político declarou que o cacique Raoni Metuktire, uma das mais reconhecidas lideranças indígenas, era usado como "peça de manobra" por governos estrangeiros. No ano seguinte, afirmou que "cada vez mais, o índio é um ser humano igual a nós".

Além de contrário à demarcação de novas terras indígenas e favorável ao garimpo nas áreas demarcadas, o governo Bolsonaro ainda determinou o corte de verbas destinadas à proteção e promoção de povos indígenas ao sancionar o orçamento para 2022.