Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Boris Johnson

Boris Johnson renuncia ao cargo de primeiro-ministro do Reino Unido

Boris Johnson deixará o posto em meio a escândalos no governo

Redação Publicado em 07/07/2022, às 09h43 - Atualizado às 09h44

O primeiro-ministro britânico Boris Johnson - Getty Images
O primeiro-ministro britânico Boris Johnson - Getty Images

O primeiro-ministro britânico Boris Johnsonrenunciou à liderança do Partido Conservador nesta quinta-feira, 7, e também ao cargo que assumiu no ano de 2019. A decisão ocorre em meio a um escândalo sexual no governo envolvendo um aliado político.

A imprensa do Reino Unido já havia previsto, nas últimas horas, um discurso no qual Johnson anunciaria as mudanças e que o mesmo deveria deixar o posto em definitivo assim que a legenda escolhesse um novo nome para substituí-lo, no mês de outubro. No entanto, esse processo será, muito provavelmente, adiantado, conforme indicou o primeiro-ministro.

"Eu concordei com Sir Graham Brady, líder dos parlamentares, que o processo de escolha desse novo líder deveria começar agora e o cronograma será anunciado na próxima semana", disse. "E hoje eu nomeei um Gabinete para servir, como farei, até que um novo líder esteja no lugar.”

Crise no governo

De acordo com a fonte, a mais recente crise do governo britânico teve início depois que Boris nomeou o deputado Chris Pincher como vice-líder do governo no Parlamento. O escolhido é acusado de ter apalpado dois homens em um clube de Londres. Após o caso vir à tona, nesta semana, dezenas de assessores e ministros renunciaram aos cargos.

"Você deve fazer a coisa certa e ir agora", escreveu o ministro das Finanças Nadhim Zahawi, que decidiu deixar o cargo apenas 48 horas após ter sido indicado.