Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Brasil

Brasileira morta na Ucrânia era atiradora de elite

Thalita do Valle já tinha enfrentado o Estado Islâmico em conflitos anteriores

Redação Publicado em 04/07/2022, às 11h44

Fotografias de Thalita durante outras experiências militares - Divulgação/ Youtube/ Arquivo Pessoal
Fotografias de Thalita durante outras experiências militares - Divulgação/ Youtube/ Arquivo Pessoal

Thalita do Valle, 39, foi uma entre três brasileiros que perderam suas vidas para as tropas russas na guerra da Ucrânia.

Falecida durante um bombardeio na cidade ucraniana de Carcóvia, a mulher, além de militar, era modelo, atriz e cursava uma faculdade de Direito. 

No exército, a combatente cumpria a função de atiradora especializada em tiros de precisão, e já possuía experiência militar de conflitos anteriores, tendo lutado contra o Estado Islâmico no passado.

A Thalita era do exército feminino e integrava uma linha de frente com atiradoras de elite. Era uma heroína, e a vocação dela era salvar vidas, correndo atrás de missões humanitárias", relatou seu irmão, Théo Rodrigo, segundo divulgado pelo UOL. 

A mulher falecida possuía um canal do Youtube, chamado "Thata do Valle", em que relembrava suas vivências militares. 

Brasileiros na Ucrânia 

Os outros dois soldados brasileiros a morrerem durante a guerra contra a Rússia foram Douglas Búrigo e André Hack. O primeiro faleceu também no último final de semana, enquanto tentava resgatar Thalita de um bunker. Já Hack morreu no último dia 5 de junho, durante um combate.