Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Família real britânica

A brasileira que trabalhou para a rainha Elizabeth: 'Uma experiência de vida'

A mulher, que nasceu em São Paulo, compartilhou curiosas memórias do momento em que trabalhou como funcionária da família real

Redação Publicado em 22/05/2022, às 07h00

A rainha Elizabeth II - Getty Images
A rainha Elizabeth II - Getty Images

Formada em marketing, a brasileira nascida em São Paulo, Danielle dos Santos Cabral trabalhou, durante anos, no emprego dos sonhos de muitas pessoas ao redor do mundo: foi funcionária da rainha da Inglaterra e acompanhou de perto momentos importantes da vida de Elizabeth II.

Em 2019, durante entrevista à agência de notícias RFI, Daniele contou como fez para entrar no Palácio de Buckingham, onde permaneceu entre os anos de 2008 e 2016.

Oferta de emprego

Segundo a fonte, a brasileira passou trabalhar para a monarca após ser chamada por uma cliente do supermercado no qual atuava como caixa. A cliente era funcionária de uma empresa de limpeza terceirizada que se ocupava do Palácio e indicou a mulher para uma entrevista.

Depois de uma semana dentro do Palácio, porém, Danielle soube de uma vaga para servir as refeições dos funcionários e decidiu se candidatar. A contratação, no entanto, não se deu de maneira imediata. Pelo contrário, a administração real levou oito meses investigando os últimos dez anos da paulista antes que a admitisse como funcionária.

Vivendo em palácios

Apesar de passar mais tempo em Buckingham, em Londres, a brasileira com frequência viajava com a rainha para os castelos de Windsor e de Balmoral, na Escócia, além de Sandringham House, a casa de campo da família real, em Norfolk.

De todos esses locais, o favorito de Danielle era Balmoral. "Aquele lugar é mágico, e era a viagem mais longa que a gente fazia com ela", contou a mulher em 2019.

Fachada do palácio de Buckingham / Crédito: Getty Images

Bailes de Balmoral

Todos os anos, durante o verão, a rainha Elizabeth se dirige a Balmoral, onde realiza dois grandes bailes, para os quais todos os funcionários do palácio são convidados. E Danielle, claro, sempre participava da festa.

"Quando eu cheguei lá, tem todo um protocolo para ir para esse baile. A gente tem que estar com os ombros e os joelhos cobertos. A gente aprende a dançar a dança escocesa. Tem uma das danças escocesas, onde todas as mulheres vão para o centro do salão. A gente faz uma roda de costas para o centro, e os homens fazem uma roda de frente para o centro", disse a brasileira.

"A gente dança rodando, virando para o lado direito, e os homens para o lado esquerdo, e, na hora que a música parar, o rapaz que estiver em frente de vocês, você vai ter que dançar", prosseguiu.

Ela deu mais detalhes a respeito do dia em que participou do baile, revelando memórias surpreendentes do episódio. 

"O Pipe da rainha comanda a festa, o que seria o porta-voz da festa e pede para todas as mulheres irem para o centro do salão, e quando eu estava no centro do salão, eu olhei para a minha direita para pegar na mão da pessoa que estava do lado, e na hora que eu olhei, era a rainha ", disse a ex-funcionária, lembrando-se da primeira vez em que foi ao baile.

Na ocasião, Elizabeth II pediu a Danielle que, da próxima vez, convidasse mais amigas para a festa, já que há sempre mais homens do que mulheres na dança, uma vez que que os membros das forças armadas participam do evento. 

"E essa foi a preocupação dela e ela começou a conversar comigo e a gente deu algumas risadas e eu achei engraçada a preocupação dela de que todos pudessem participar, que é isso o que a família real quer. Quando faz uma festa, quer realmente agradar a todos".

Cães da rainha

Algumas das principais recordações de Danielle envolvem os cães da rainha. "Uma vez, a gente estava caminhando, eu e minhas colegas, quando, de repente, começou a vir um monte de cachorrinhos latindo na nossa direção. E foi muito engraçado porque a gente ficou meio assustado, olhando de onde estavam vindo aqueles cachorros."

Elizabeth II ao lado de um cão da raça corgi / Crédito: Getty Images

"Quando a gente olhou, para o nosso lado esquerdo, a gente viu o carro da rainha estacionado ali e logo atrás dos cachorrinhos, vinha uma senhora, uma senhorinha, de lenço na cabeça, andando com os cachorros."

"Ela pediu mil desculpas por todo o barulho, pelos latidos que os cachorros estavam fazendo, a bagunça. Deu uma pequena bronquinha nos cachorros, mandando pararem de latir. E ela continuou caminhando, abriu a porta do carro e colocou todos os 11 cachorros dela dentro e saiu dirigindo", lembrou.

Jarra da rainha Vitória e casamento real

A funcionária revelou ainda momentos engraçados como quando caiu da escada no palácio de Buckingham enquanto levava uma jarra de suco para oferecer aos convidados da família real. A jarra, que era de cristal e pertenceu à rainha Vitória, quase se quebrou na ocasião.

Danielle contou ainda que acabou perdendo o casamento de William e Kate. Ela estava grávida na época e a barriga não passava na roupa. Outras memórias envolvem o encontro com personalidades como Barack Obama, com quem tirou uma selfie durante um jantar realizado no palácio.

Deixando o palácio

A brasileira deixou a função no ano de 2016 para cuidar de seus filhos. Ela contou que não foi fácil deixar o emprego que tanto gostava, porém percebeu que não poderia mais ficar viajando com tanta frequência.

"Valeu cada ano, cada minuto, cada aprendizado, tudo. Resolvi me dedicar a ser mãe, que foi uma decisão muito difícil, porque eu realmente gostava do meu trabalho no palácio. Tenho muitas saudades e muitos amigos lá, a gente sempre se fala. Mas vai sempre ficar guardado no meu coração. Foi mais do que um trabalho. Foi uma experiência de vida".


+Saiba mais sobre a realeza britânica através das obras abaixo disponíveis na Amazon:

Diana: Sua verdadeira história em suas próprias palavras, de Andrew Morton - https://amzn.to/2MWeTTi

A Real Elizabeth, de Andrew Marr - https://amzn.to/35vOAtA

Diario de Londres: Apuntes de un embajador mexicano en Reino Unido, de Diego Gómez Pickering - https://amzn.to/2tClBa5

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/3b6Kk7du