Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Ucrânia

Brasileiro morto na Guerra da Ucrânia falou que “protegeria o povo”

Em depoimento, ele disse: “daqui eu só saio com a vitória”

Isabelly de Lima, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 10/06/2022, às 17h45

André Hack teve sua morte confirmada na última quinta - Arquivo Pessoal
André Hack teve sua morte confirmada na última quinta - Arquivo Pessoal

A família do brasileiro que morreu na guerra da Ucrânia, André Luis Hack Bahi, 44, recebeu um vídeo em que o brasileiro aparece falando sobre os combates na Europa. A data e a autoria da gravação são desconhecidas, mas a irmã do combatente confirmou, ao G1, que é sim André no vídeo. Na última quinta-feira, 9, foi comunicado, pelo Ministério das Relações Exteriores, o óbito do soldado.

No vídeo, André conta: "Desde que eu cheguei aqui, eu dediquei a minha vida até o fim. Daqui eu só saio com a vitória. Vim proteger o povo aqui". Em seguida ele repete “slava Ukraini", frase que significa “glória à Ucrânia”. O vídeo ainda revela imagens da preparação de militares antes de embarcarem em um veículo de guerra. A família recebeu a imagem com alguns riscos e disse não saber o motivo daquelas rasuras ali.

A morte de André

Hack morreu "em decorrência do conflito naquele país", de acordo com o Itamaraty. Ainda foi afirmado pela diplomacia brasileira que "mantém contato com familiares para prestar-lhes toda a assistência cabível, em conformidade com os tratados internacionais vigentes e com a legislação local".

André faria parte da Legião Internacional de Defesa Territorial da Ucrânia. Ele morava no Ceará antes de ir para a Europa, segundo a irmã do combatente. O corpo dele será cremado e suas cinzas jogadas em Quixadá, cidade onde vivia, no Ceará.