Notícias » Curiosidades

Briga de Chorão e Marcelo Camelo é relembrada por produtor do Charlie Brown Jr.

Tadeu Patolla deu detalhes sobre o começo do desentendimento em uma entrevista recente

Isabela Barreiros, sob supervisão de Alana Sousa Publicado em 29/04/2021, às 14h00

Marcelo Camelo após a briga e Chorão em show
Marcelo Camelo após a briga e Chorão em show - Divulgação/Youtube - Wikimedia Commons/Guilherme Testa

A briga entre Chorão e Marcelo Camelo é uma das mais conhecidas da história da música no Brasil, que conta com desentendimentos icônicos. Recentemente, o produtor Tadeu Patolla, famoso por ter descoberto o Charlie Brown Jr., deu mais detalhes sobre a briga em uma entrevista recente.

Patolla, que trabalhou com a banda desde o começo, contou que o primeiro a entrar em contato com o outro foi Camelo. Como relatou o portal Tenho Mais Discos que Amigos!, na época, ele teria tentado se aproximar de Chorão para se desculpar por algo que tinha falado em uma entrevista.

A ideia era que isso acontecesse por meio de uma ligação, mas Chorão não aceitou o que o outro artista pediu. Camelo teria criticado a banda Charlie Brown Jr. pela associação à Coca-Cola, para a qual fez uma ação comercial.

Mas a briga não parou por aí, como já sabemos. A confusão entre os dois continuou ao longo do tempo e atingiu seu ápice quando os artistas ficaram no mesmo avião durante um voo. Cada vez mais incomodado, Chorão não aguentou, perdendo a paciência e dando uma cabeçada no vocalista do Los Hermanos.

O desentendimento acabou se tornando físico naquele dia, mas também envolveu mais pessoas. Segundo Patolla, Rodrigo Amarante, também integrante do Los Hermanos, se meteu na briga e deu um soco em Chorão. O produtor também contou que Amarante estava sendo perseguido no aeroporto, sendo obrigado a correr e se esconder. 

Confira o trecho completo aqui: