Notícias » Rússia

Britânica alcoolizada pede Uber para ir lutar na Ucrânia

O preço da corrida foi o equivalente a 30 mil reais

Ingredi Brunato, sob supervisão de Fabio Previdelli Publicado em 19/03/2022, às 13h38

Fotografia de Leoni Fildes
Fotografia de Leoni Fildes - Divulgação/ Redes Sociais/ Arquivo Pessoal

Na manhã do último dia 6 de março, Leoni Fildes, uma mulher britânica de 34 anos, acordou de ressaca com seu banco ligando. O local pensava que ela havia tido seu cartão fraudado devido a uma compra ostensiva feita na madrugada anterior. A verdade, porém, era muito mais absurda. 

Durante a noite passada, Leoni havia tido uma saída com amigos regada a álcool. A certo ponto, a discussão do conflito na Ucrânia surgiu, e foi nesse contexto que o grupo decidiu pedir um Uber da cidade de Manchester, na Inglaterra, para o país em guerra, onde pretendiam "ajudar" com o conflito, conforme repercutido pelo The Mirror.

O preço da corrida, que cobriria nada menos que 2.500 quilômetros, deu o equivalente a 30 mil reais. Felizmente, o aplicativo de viagens não permitiu que o pedido fosse finalizado: isso pois a britânica não tinha dinheiro suficiente em sua conta. 

“Não sei o que faria se o Uber me deixasse fazer o pedido. Eu não acho que eu teria entrado, mas você não sabe o que pode acontecer depois de uma bebida", contou ela ao Mirror. 

Eventualmente, Fildes se conformou em apenas pegar um táxi de volta para casa, para o alívio da versão sóbria de si mesma.