Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Reino Unido

Britânico que deixou esposa para morar com ucraniana acolhe refugiados

Dois meses depois de trocar sua esposa para viver com refugiada, o homem decidiu abrigar um casal de refugiados

Redação Publicado em 22/07/2022, às 14h49

O britânico e sua namorada Sofiia - Divulgação / Instagram
O britânico e sua namorada Sofiia - Divulgação / Instagram

O britânico que deixou a esposa para viver com uma refugiada ucraniana depois de dez dias abrigando-a em casa, abriga agora uma segunda refugiada em sua residência.

Segundo informações do tabloide Daily Mail, Tony Garnett, de 29 anos, e sua namorada Sofiia Karkadym, de 22, decidiram receber recentemente o casal Sofiia Rastorhuieva, 19, e Illia Tronevych, 18, em sua propriedade em Bradford, no Reino Unido.

Garnett explicou à fonte que ele e sua namorada resolveram acolher os jovens depois de verem um pedido de ajuda na internet. Rastorhuieva e Tronevych, que chegaram ao país no mês de junho, procuravam um novo lugar para ficar depois de terem sido expulsos de onde foram abrigados.

Conforme alegaram os jovens, ambos tiveram de sair da antiga casa por terem deixado os gatos da residência escaparem pela porta. Eles ainda afirmam que viviam em condições ruins.

"Tínhamos apenas um pequeno sofá-cama para dormir e era muito desconfortável. Tínhamos que lavar a roupa deles, lavar a roupa e limpar o lugar para eles. Nós simplesmente não nos sentíamos bem ali", disse Sofiia Rastorhuieva. Foi assim que ela e Illia decidiram pedir ajuda.

De acordo com o UOL, o britânico conversou com a namorada antes de acolher o casal. "Perguntei se ela achava que seria uma boa ideia deixá-los morar conosco por um tempo, já que temos um segundo quarto. Não é o ideal porque eu não tenho muito dinheiro e preciso de um emprego, mas precisamos ajudar os outros", declarou o anfitrião.

Britânico se defende

Conforme a fonte, Tony aproveitou a ocasião para se defender das críticas que vem recebendo desde que deixou a esposa e a casa em que vivia com suas filhas, há dois meses.

"Eu sei que as pessoas me veem como esse tipo de cara atrevido que pula de cama em cama porque deixei minha parceira Lorna e duas filhas. Nada poderia estar mais longe verdade. Meu relacionamento com Lorna havia se desfeito por alguns anos e vivíamos como irmão e irmã”, alegou.

Além disso, Garnett também revelou que sua vida mudou muito desde que conheceu sua nova namorada e que pôde voltar a ser feliz. "Vou fazer dela minha esposa", afirmou. "Estou apaixonado por ela e para aqueles que escrevem besteira sobre mim eu pergunto: 'O que você está fazendo pela Ucrânia?'", questionou.