Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Mastodonte

Caçador de fósseis encontra presa de mastodonte que pode ter 10 milhões de anos

O mergulhador Alex Lundberg encontrou presa de mastodonte enquanto passeava com amigos perto de Venice Beach: "Isso acontece uma vez na vida"

Fabio Previdelli

por Fabio Previdelli

fprevidelli_colab@caras.com.br

Publicado em 04/06/2024, às 13h29

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Alex Lundberg segurando a presa do mastodonte - Arquivo pessoal
Alex Lundberg segurando a presa do mastodonte - Arquivo pessoal

Na Flórida, o mergulhador e caçador de fósseis Alex Lundberg, de 29 anos, fez uma descoberta surpreendente enquanto passeava com amigos perto de Venice Beach. Afinal, nas águas, ele encontrou uma presa de mastodonte de um metro e meio que pode ter 10 milhões de anos

+ Dente de mastodonte perdido gera comoção em praia californiana

Parentes dos mamutes, os mastodontes surgiram entre 23,7 milhões de anos e 5,3 milhões de anos atrás; sendo extintos no final do período Pleistoceno, há cerca de 10 mil anos. 

A presa foi levada para análise de um especialista do Museu Bishop de Ciência e Natureza de Bradentonm que verificou a descoberta e a considerou "super rara"; visto que apenas dentes de tubarão pré-históricos e pedaços quebrados de presas de mamute são normalmente encontrados na região.

Com isso, Lundberg precisará relatar suas descobertas ao Museu de História Natural da Flórida para determinar se elas têm algum valor científico ou se o mergulhador poderá ficar com o achado. 

Detalhes da presa do mastodonte - Arquivo Pessoal

Vale ressaltar que, segundo o Daily Mail, as presas de mastodonte, que normalmente têm apenas alguns centímetros de comprimento, foram vendidas por preços extremamente baixos, entre 20 e 350 dólares (algo entre R$100 e R$1.850). Entretanto, Alex especulou que sua descoberta possa valer mais: 5 mil dólares (algo em torno dos R$ 26 mil). 

A descoberta

Alex Lundberg relatou que se surpreendeu ao retirar a presa do fundo do mar, principalmente por ela não ter se esfarelado quando foi removida. "Quando o vi pela primeira vez, vi apenas uma pequena faixa exposta na areia", disse ao Mail. 

"Quando comecei a espalhar a areia, vi o corte transversal dela e percebi que era uma presa inteira. Fizemos uma tipoia com uma toalha de praia e a penduramos na lateral do barco", continuou.

É absolutamente surreal que ele tenha surgido inteira e não tenha se quebrado".
A presa do mastodonte - Arquivo Pessoal

Há cerca de cinco anos, Lundberg procura por fósseis na região de Venice Beach — área conhecida por abrigar milhares de dentes fossilizados de tubarão com cerca de 10 milhões de anos.

+ Esqueleto de mastodonte de 12.000 anos é encontrado em Michigan

Ao USA Today, ele especulou de que a presa, provavelmente, esteve no fundo do mar por cerca de 10 milhões de anos, mas ao Daily Mail, estimou que o dente "tem algo entre 10.000 e 500.000 anos de idade, de acordo com outros fósseis dos quais recuperamos naquela área".

Mesmo assim, ele se diz feliz e animado com o achado. "Isso acontece uma vez na vida, foi o que me disseram".