Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / São Paulo

Cachorra é esquecida em voo que iria para Fortaleza e vai parar no RJ

Aeronave saiu do Aeroporto de Congonhas; companhia aérea alega ‘questões operacionais’; entenda o caso

Penélope Coelho Publicado em 03/02/2022, às 13h58

Cadelinha Zoe - Divulgação/Arquivo pessoal
Cadelinha Zoe - Divulgação/Arquivo pessoal

Na última quarta-feira, 2, mais uma vez um aeroporto de São Paulo se envolveu em uma polêmica, com o esquecimento de animais em seus voos.

Na ocasião, a tutora de uma cadela chama Zoe aguardava pela chegada do bichinho, após um voo que partiu do Aeroporto de Congonhas, em SP, com destino a Fortaleza. No entanto, Priscila Carneiro não recebeu o animal.

De acordo com informações publicadas nesta quinta-feira, 3, pelo portal de notícias g1, a cachorra foi esquecida na aeronave e acabou indo parar no Rio de Janeiro, no Aeroporto Galeão.

Segundo revelado na reportagem, Priscila foi informada de que houve uma “falha da Latam”, companhia aérea responsável pela viagem. Inicialmente, a tutora de Zoe afirma que ficou “em pânico” com a situação, por até aquele momento não saber o paradeiro da cachorra.

Em nota, a Latam se pronunciou sobre o caso e informou que ocorreram “questões operacionais” que impossibilitaram que a cachorra desembarcasse em Fortaleza, como previsto.

A empresa afirma que o animal está bem e já recebeu atendimento veterinário preventivo. Zoe será devolvida para sua dona na noite desta quinta-feira, 3, em um voo que deve chegar a Fortaleza às 18h.