Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Curiosidades

Cadela dos Estados Unidos entra para o Guinness como a mais velha do mundo

A tutora de Pebbles, da raça Toy Fox Terrier, revelou o segredo para a longevidade do cão

Redação Publicado em 08/06/2022, às 12h32

A cadela Pebbles - Divulgação/Guinness World Records
A cadela Pebbles - Divulgação/Guinness World Records

Uma cadela dos Estados Unidos foi considerada a nova detendora do recorde de cão mais velho do mundo, sendo reconhecida pelo Guinness World Records pelos seus 22 anos e dois meses de vida.

Antes de Pebbles, da raça Toy Fox Terrier, que vive na Carolina do Sul, quem estava no topo da lista era o chihuahua TobyKeith, que também mora nos Estados Unidos e completou 21 anos em janeiro.

Foi inclusive a partir do anúncio de TobyKeith que os tutores de Pebbles perceberam que ela poderia ser a recordista. Eles decidiram enviar a inscrição para o livro dos recordes, recebendo o resultado no fim de meio, segundo a CNN.

A rotina de Pebbles

Nascida em nasceu em 28 de março de 2000, a cadela pesa atualmente 1,8 kg e, apesar da idade e os sintomas que acompanham a velhice, possui uma ótima saúde, segundo sua tutora, Julie Gregory.

A dona também contou detalhes sobre a rotina do cão: ela dorme durante o dia — enquanto escuta música country — e prefere aproveitar a noite, depois de acordar por volta das 17h e comer, em uma dieta a base de comida de gatos, conforme recomendado por seu veterinário.

Gregory também revelou o segredo para a longevidade de Pebbles: “Trate [seu animal de estimação] como família porque eles são. Dê a eles um ambiente feliz e positivo, tanto quanto possível, boa comida, limpeza cuidados de saúde adequados”.