Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / EUA

Cadela salva dona de ataque de puma nos Estados Unidos

Eva, de dois anos, sofreu fraturas no crânio durante o ato de heroísmo

Redação Publicado em 24/05/2022, às 07h39

Cadela e sua tutora, Erin Wilson - Divulgação / Instagram
Cadela e sua tutora, Erin Wilson - Divulgação / Instagram

A norte-americana Erin Wilson afirma ter sido salva de um puma por sua cadela de dois anos de idade enquanto fazia uma caminhada no norte da Califórnia, nos Estados Unidos. O caso se deu no dia 16 de maio, porém somente agora foi divulgado pela imprensa internacional.

"Eu gritei 'Eva!' e ela veio correndo. E ela bateu naquele felino com muita força", disse a americana ao jornal Sacramento Bee.

Erin declarou que o puma e a cadela, da raça pastor-belga-malinois, entraram em luta corporal. O felino acabou mordendo a cabeça de Eva, soltando-a somente após a intervenção da tutora e de uma outra mulher que também caminhava pela região.

Segundo o portal de notícias UOL, a dupla utilizou uma barra de metal e um spray de pimenta para afastar o animal, que correu correu para dentro de arbustos próximos ao local.

Cadela sofreu fraturas

Depois de afastar o puma, Erin imediatamente pegou sua cadela e a levou até uma clínica veterinária. Lá, foi informada de que ela havia sofrido duas fraturas no crânio. Por esse motivo, Eva teve de passar um tempo na clínica para receber tratamento e demorou para voltar a comer.

Hoje, felizmente, ela se encontra bem e em casa. Porém Erin afirma ter ficado sobrecarregada com as despesas do tratamento, o que a levou a criar uma vaquinha virtual para ajudar a cobrir custos, que chegam a cerca de US$ 32 mil, (aproximadamente R$ 155 mil, na cotação atual). "Minha cadela é a minha heroína e devo minha vida a ela", disse a dona de Eva