Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Imigrantes

Caminhão com 46 imigrantes mortos é achado no estado do Texas

O veículo partiu do México e trazia mais de 60 pessoas de diferentes nações para os EUA

Redação Publicado em 28/06/2022, às 07h40

Caminhão achado com dezenas de imigrantes mortos no Texas, Estados Unidos - Divulgação/ TV Globo
Caminhão achado com dezenas de imigrantes mortos no Texas, Estados Unidos - Divulgação/ TV Globo

A polícia do Texas, Estados Unidos, está investigando a origem de um caminhão achado no estado contendo mais de 60 viajantes ilegais, com 46 imigrantes mortos que não tinham nenhuma documentação legal para entrada em solo americano.

O caso deixou o estado espantado na noite de segunda-feira, 27, quando surgiram os primeiros registros da mídia local da cidade de San Antonio, a cerca de 250 quilômetros da fronteira com o México.

Segundo a BandNews, um homem que transitava pelo local onde o caminhão parou ouviu alguns gritos e chamados por ajuda e com isso, antes mesmo de ir verificar do que se tratava, ligou rapidamente para a polícia.

Na chegada, as autoridades afirmam que 16 pessoas foram resgatadas com vida e levadas para hospitais da região. Todas apresentavam sinais fortes de desidratação e fome, contando com 4 crianças em estado grave.

Mesmo passado pouco tempo desde do começo dos estudos para entender como as fatalidades ocorreram, o caso já é visto como um das mais letais de imigração clandestina aos Estados Unidos. 

Poucas identificações e motivos para as mortes

A polícia mexicana foi chamada para ajudar nas investigações, visto que os sobreviventes alegaram estarem em um translado partindo do país para a nação de língua inglesa. Até o momento, eles conseguiram descobrir que duas das vítimas pertenciam à Guatemala.

Com a chegada do verão, os Estados Unidos atravessam picos de calor muito graves para o bem-estar e pele de seus cidadãos, com o Texas atingindo temperaturas de até 46 °C e sensação térmica de mais de 50 °C. Por tal, a principal suspeita é que as vítimas não tenham resistido ao calor. 

Uma investigação paralela tenta encontrar sinais se houve algum tipo de alerta para o problema ambiental ou se foram impedidos de deixar o caminhão e pedir socorro. Até o momento, 3 pessoas foram presas no local, mas ainda não se sabe os motivos e envolvimento delas com a fatalidade, segundo o g1.