Notícias » Paleontologia

Canadá: Garoto encontra esqueleto de dinossauro de 69 milhões de anos

Aos 12 anos de idade, Nathan Hrushkin, realizou uma rara descoberta enquanto passeava em um parque. Confira!

Penélope Coelho Publicado em 16/10/2020, às 10h08 - Atualizado às 12h35

Fotografia de Nathan Hrushkin, no parque em Alberta, Canadá
Fotografia de Nathan Hrushkin, no parque em Alberta, Canadá - Divulgação / Nature Conservancy of Canada

Na última quinta-feira, 15, uma grande escavação comandada por paleontólogos foi finalizada em Alberta, no Canadá. Tudo isso graças a uma descoberta realizada em julho deste ano, por Nathan Hrushkin, um menino de 12 anos de idade. As informações são da BBC e foram divulgadas pelo portal de notícias UOL.

De acordo com a publicação, enquanto realizava um passeio com o pai em um parque da unidade de conservação de Alberta Badlands, o garoto viu ossos próximos a uma pedra. Apaixonado por dinossauros desde os seis anos de idade, Hrushkin, disse em entrevista à BBC que ficou "literalmente sem palavras” com sua descoberta.

Ossada descoberta por Nathan / Crédito: Divulgação / Nature Conservancy of Canada

 

Logo após ter realizado o achado, o garoto e seu pai, Dion, acionaram o Museu Real Tyrrell, em Alberta. Depois de algumas pesquisas, os especialistas chegaram à conclusão que o esqueleto encontrado pertenceu a um hadrossauro de 69 milhões de anos.

"Este jovem hadrossauro é uma descoberta muito importante porque vem de um período sobre o qual sabemos muito pouco em relação aos dinossauros ou animais que viviam em Alberta. O achado de Nathan e Dion nos ajudará a preencher essa grande lacuna em nosso conhecimento da evolução dos dinossauros", disse o curador do museu, François Therrien, em comunicado oficial.