Notícias » Canadá

Canadense recupera anel de ouro perdido em 1995 com ajuda de redes sociais

Chris Spronk passou 25 anos procurando o último presente de sua mãe, que morreu vítima de um câncer de fígado

Wallacy Ferrari Publicado em 01/10/2020, às 11h33

Fotografia do anel localizado pelo Facebook
Fotografia do anel localizado pelo Facebook - Divulgação

Em, 1995, Christopher Spronk estava reunido com amigos para uma partida de futebol, próximo do Lago Sikome, em Calgary, no Canadá, quando sentiu a falta de um valioso item pessoal; seu anel, confeccionado em ouro com a escritura CJS, que sumiu durante a partida, sendo o início de uma desesperadora trajetória.

A preocupação se devia ao valor emocional; o objeto foi um presente da mãe no Natal de 1992, sendo confeccionada sob medida para ele e para o irmão, meses antes de morrer: "Minha mãe já estava doente, com câncer de fígado em estágio quatro e sabíamos que não tínhamos muito tempo", relatou Chris ao GlobalNews.

O anel encontrado /Crédito: Divulgação

 

Nos 25 anos seguintes, o rapaz tentou refazer trajetos, revisitar espaços e conferiu os orifícios de todos os itens que tinha em casa e poderia ter colocado a joia.

A conclusão surgiu somente neste ano, quando Kevin Niefer soube da história em um grupo regional do Facebook. O rapaz havia encontrado um anel com características semelhantes também em 1995 com um detector de metais próximo ao lago.

Após a troca de informações, a certeza de se tratar do mesmo item fez o caçador de tesouros devolver a peça. Chris agradeceu e manifestou apreço por ter mantido a peça de metal precioso por tanto tempo: “Dentro [da joia] está escrito 'Chris, com amor, mamãe'. Acho que o amor de uma mãe pelos filhos é especial”.