Notícias » Tecnologia

Cão robô é desenvolvido por empresa chinesa e sai por R$ 13,6 mil

Mais barato que o americano, o Unitree Go1 pode caminhar, correr, carregar objetos e mais

Isabela Barreiros, sob supervisão de Penélope Coelho Publicado em 12/06/2021, às 09h10

O cão robô Unitree Go1
O cão robô Unitree Go1 - Divulgação/Unitree Robotics

A fabricante chinesa Unitree Robotics anunciou seu mais novo produto: um cão robô que poderá servir como o melhor amigo do homem na era da robótica. “Pets” eletrônicos não são uma novidade nessa indústria, mas a empresa promete que ele o Unitree Go1 popularizará o conceito.

Isso porque ele custa menos que o famoso robô cachorro Spot, da empresa estadunidense Boston Dynamics. Enquanto o americano pode custar mais de US$ 74.500 (por volta de R$ 380 mil), como aponta o portal TechTudo, o chinês está na base dos US$ 2.700 (R$ 13.843).

A diferença de preços está principalmente no objetivo do protótipo. O primeiro está mais voltado para o uso de empresas, mas o Unitree deve ser visto em lares comuns em até pouco tempo. Ainda não se sabe se o robô chegará ao Brasil. 

A empresa chinesa explicou que o cão robô servirá como companheiro para o ser humano ao sair para caminhar ou até mesmo correr com ele. O animal robótico também é capaz de carregar objetos leves com seus apenas 30 centímetros de altura e 12 kg. Além disso, ele também é capaz de chegar a até 17 km/h.

Essas são as características básicas do produto, que contará com três versões distintas, aumentando de preço a cada melhoria. O mais barato é o Go1 Air, que custa US$ 2.700, enquanto o mais caro é o Go1 Edu por US$ 8.500 (R$ 43.580), que apresenta suporte a programação do usuário.