Notícias » Brasil

Carnaval de rua do Rio de Janeiro é cancelado

O aumento de casos de Covid-19 e da variante Ômicron causa preocupação entre autoridades locais

Penélope Coelho Publicado em 05/01/2022, às 07h20 - Atualizado às 07h50

Carnaval do Rio de Janeiro, de 2014
Carnaval do Rio de Janeiro, de 2014 - Getty Images

Na tarde da última terça-feira, 4, o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, anunciou que o tradicional carnaval de rua da cidade no ano de 2022 está cancelado. O motivo para a medida é evitar aglomerações, com o aumento de casos de Covid-19 e a nova variante Ômicron.

Esse é o segundo ano consecutivo em que o Rio de Janeiro não irá celebrar sua maior festa nas ruas. Entretanto, nas últimas semanas a pandemia teve dados alarmantes na cidade, o aumento de testes positivos para o novo coronavírus foi de 5% para 30%, em redes particulares.

De acordo com informações publicadas pelo jornal O Globo, até o momento, o prefeito garantiu a realização dos desfiles de escola de samba na Sapucaí. O evento deve acontecer com número reduzido de componentes e espectadores.

"A gente comunicou a eles (responsáveis pelos blocos) que o carnaval de rua nos moldes que a sempre fez até 2020 não acontecerá em 2022. Infelizmente, falo como prefeito e como cidadão que gosta de carnaval, mas não podemos fazer", afirmou Eduardo Paes, durante live.

Segundo revelado na reportagem, os blocos de rua acataram a decisão: “Se a ciência não recomenda vamos cancelar. O importante é saúde das pessoas”, afirmou Kiko Horta, do bloco Cordão do Boitatá.